Fique sempre atualizado

Minuto de economia

Fique por dentro de tudo que acontece.

MINUTO DE ECONOMIA

GO Associados é destaque no Prêmio Broadcast Projeções

O que vai mexer com as expectativas na próxima semana…     

No cenário doméstico:    

  1. O principal assunto da próxima semana será a manifestação pró-Bolsonaro que ocorrerá no feriado do dia 7 de setembro em diversas cidades brasileiras. A manifestação deve aumentar a tensão entre os poderes. Por causa do feriado, a B3 não estará aberta. 
  1. Na quinta, dia 9, será divulgado o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) referente ao mês de agosto de 2021. Segundo IBGE, no mês de julho o Índice apresentou a maior variação para este período desde 2002, com uma alta de 0,96%. A GO Associados projeta o IPCA de agosto em 0,74%. A inflação em 12 meses deve atingir 9,5%. 
  1. Após a aprovação da Reforma do Imposto de Renda, finalizada esta semana, as atenções na Câmara devem se voltar para a reforma do código eleitoral. As mudanças devem ser aprovadas nas duas casas até o fim de outubro para que valham na eleição do próximo ano. 
  1. O STF deve terminar a votação da tese do Marco Temporal na próxima semana. O Procurador Geral da República apresentou manifestação contrária a esta tese ontem. Para Augusto Aras o direito dos indígenas é originário e deve ser analisado caso a caso. 
  1. Na sexta, 10/09, será divulgada a Pesquisa Mensal do Comércio do mês de julho. Em junho, o varejo apresentou queda de 1,7%. Um resultado ruim pode levar a novos cortes das projeções de crescimento. 
  1. Na quinta, o IBGE irá divulgar o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) com estimativas de área plantada, área colhida, quantidade produzida e rendimento médio de culturas agrícolas consideradas de extrema importância econômica e social para o país. 
  1. Também na quinta a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) irá anunciar seu 12º Levantamento da Safra de Grãos 2020/21 com informações, principalmente, de área plantada, produtividade e produção. 
  1. A partir da próxima semana começarão a ser disponibilizados os recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé). O orçamento do programa neste ano é de R$ 4,64 bi. 

 No cenário internacional:  

  1. Na noite de quarta, dia 8, a China divulgará os números de inflação para o mês de agosto. 
  1. O Banco Central Europeu se reúne na próxima quinta-feira. Não são esperadas grandes mudanças na direção da política monetária. Entretanto, a inflação continua a ser um sinal de atenção, tendo chegado a 3% em 12 meses segundo a prévia de agosto para a Zona do Euro, o maior nível desde 2011 para o bloco. 
  1. Dia 10/09, sexta-feira, será divulgado o relatório de estimativas de oferta e demanda agrícola mundial (WASDE) com dados atuais do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) para os principais balanços de grãos, soja e seus derivados e algodão, além do fornecimento e uso do açúcar e produtos animais nos EUA. 
  1. Na segunda, 6/09, será feriado do Dia do Trabalho no EUA, diminuindo a liquidez nos mercados internacionais.  

Leilão da concessão de saneamento do Amapá reafirma interesse da iniciativa privada no setor de saneamento… 

  • O setor de saneamento caminha para dar um salto em investimentos com o avanço da concessão dos serviços. Mesmo antes de o novo marco legal (lei nº 14.026/20) entrar em vigor, alguns leilões refletiam o interesse da iniciativa privada em investir no setor.  
  • O novo marco legal deve estimular a concessão de serviços e a privatização de empresas públicas do setor. A expectativa é que nos próximos anos ocorram outros leilões, conforme mostra o Quadro. 
Fonte: BNDES e CNI (*) previsto 
  • O Leilão mais recente foi da concessão dos serviços de distribuição de água, coleta e tratamento de esgoto e gestão comercial dos usuários nas áreas urbanas dos 16 municípios do Amapá. O leilão foi o primeiro no setor a realizar uma concessão plena em todo o estado. 
  •  A vencedora foi o Consórcio Marco Zero. A companhia apresentou um valor de desconto de tarifa de 20% e um valor de outorga de R$ 930,8 milhões, representando um ágio de mais de 1.760%. Além deste montante, o edital fixa um pagamento adicional ao Estado, equivalente ao ágio oferecido. O valor extra chega a R$ 880 milhões, já que a outorga mínima era de R$ 50 milhões. O investimento previsto é de R$ 3 bilhões ao longo do contrato.  
  • O projeto de concessão, pelo prazo de 35 anos, atenderá 742 mil pessoas, o que corresponde a 89% da população do Estado. De acordo com o edital, as seguintes as metas de universalização de cobertura devem ser cumpridas pelo operador privado: 
  • água: de 38% para 99% da população da área do projeto, entre o 4º e o 11º ano da concessão, dependendo do município; 
  • esgoto: de 7% para 90% da população da área do projeto, entre o 16º e o 17º ano da concessão, dependendo do município. 

Compartilhe essa publicação!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Talvez essas publicações também te interessem!