Fique sempre atualizado

Minuto de economia

Fique por dentro de tudo que acontece.

MINUTO DE ECONOMIA

Copom eleva taxa de juros a 4,25% e indica que Selic deve chegar pelo menos a 5% na reunião de agosto…  

Confirmando as expectativas, o Copom aumentou a Taxa Selic de 3,5% para 4,25% nesta quarta-feira. A projeção do Boletim Focus é que a Selic termine o ano em 6,25%, mas é provável que a ocorram revisões altistas pelo mercado. Além disso, o Copom indicou que aumentará a taxa de juros até um nível considerado “neutro” para a atividade econômica. Há duas razões principais:

A inflação acumulada em 12 meses é de 8,03% e as expectativas do IPCA para 2021 passaram de 5,04% para 5,82%, acima do teto da meta de 5,25%. Crescimento do PIB do 1º trimestre de 2021 de 1,2% em relação ao 4º trimestre de 2020, também acima do consenso do mercado, 0,9%. A expectativa de crescimento do PIB para 2021 passou de 3,17% para 4,85%. A GO Associados ajustou sua projeção de 4,00% para 5,50%. Este cenário de maior inflação para 2021 está contaminando as expectativas do IPCA para 2022, 3,78%, acima do centro da meta, de 3,50%.

Metas de inflação e expectativas para IPCA e taxa Selic

Para a próxima reunião, que ocorrerá no dia 4 de agosto, o Copom indicou outro aumento de 0,75 p.p.. Entretanto o comunicado deixa aberta a possibilidade de um aumento superior caso seja divulgada uma inflação acima do esperado.

Alguns pontos de atenção para a evolução da inflação nos próximos meses:

O agravamento da crise hídrica, que tende a pressionar ainda mais a conta de luz e ameaça a produção de bens industriais, caso racionamentos venham a ocorrer.

O risco político e fiscal, que afeta fortemente a taxa de câmbio e pode reverter a valorização recente (de próximo dos R$ 6,00 por dólar para cerca de R$ 5,10).

A evolução da pandemia. Com a retomada das atividades presenciais, tende-se a acelerar a recuperação econômica e pressionar a inflação, principalmente de serviços.

Os preços internacionais das commodities, cuja trajetória recente de arrefecimento reduz a pressão sobre os custos de insumos.

Compartilhe essa publicação!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Talvez essas publicações também te interessem!