Fique sempre atualizado

Minuto de economia

Fique por dentro de tudo que acontece.

MINUTO DE ECONOMIA

Vendas no varejo confirmam ritmo mais acelerado da economia em 2021…

O volume de vendas do varejo subiu 1,8% em abril comparado a março. A expectativa do mercado era de alta de 0,1%. Em meados do mês de abril alguns estados passaram a flexibilizar as medidas de isolamento social. São Paulo, por exemplo, autorizou a reabertura gradual de shoppings e outros estabelecimentos comerciais a partir de 18 de abril. Outro fator importante foi a retomada do pagamento do auxílio emergencial, no início de abril. Os valores variam de R$150 a R$375, havendo perspectiva de continuidade ou reforço de programas sociais.

Com a continuidade do auxílio e o aumento da mobilidade, os bons resultados de abril devem se manter em maio. Informações qualitativas de empresas de diferentes setores parecem indicar nesta direção. Dentre os grupos pesquisados houve queda apenas no setor de Hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-1,7%). Entretanto, este segmento acumula alta de 2,7% em 12 meses.

Volume de vendas do comércio abril em relação a março (%)

Em comparação ao mesmo mês de 2020, em que houve o maior impacto econômico na economia, alguns setores cresceram mais de 100%, como Veículos e motos, partes e peças (132,1%) e Móveis e eletrodomésticos (301,2%)

Compartilhe essa publicação!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Talvez essas publicações também te interessem!