Fique sempre atualizado

Minuto de economia

Fique por dentro de tudo que acontece.

MINUTO DE ECONOMIA

Resultado positivo do comércio em novembro não pode ser extrapolado para os próximos meses em virtude do efeito ômicron, mas cenários de recessão parecem implausíveis em 2022…  

  • Entre novembro e meados de dezembro, os impactos econômicos da variante ômicron ainda não tinham chegado ao Brasil. Isso impediu uma contração maior nas compras de Natal. O pagamento da primeira parcela do décimo terceiro também contribuiu para um resultado positivo.  
  • Novembro, mês da Black Friday, apresentou um bom desempenho tanto em serviços quanto em comércio. É possível que o Natal também tenha impacto positivo sobre a atividade em dezembro. Isso torna pouco provável o cenário de recessão em 2022 que uma parcela dos analistas tem vaticinado.  
  • Após três meses de queda, as vendas no varejo cresceram 0,6% em novembro. O varejo ampliado, que inclui veículos e materiais de construção, apresentou alta semelhante, de 0,8%.  
  • O resultado para as vendas no varejo veio acima da expectativa de mercado, -0,2%, e em linha com a projeção da GO Associados, de 0,8%. 
  • No penúltimo resultado de 2021, as vendas no varejo acumulam alta de 1,9% no ano. O comércio varejista ampliado apresenta alta de 5,3% no acumulado dos onze primeiros meses de 2021.   
  • Apesar dos bons resultados, alguns setores continuam a sofrer, em especial o de venda de combustíveis cujo preço disparou ao longo de 2021.  

Variação percentual (nov/21) 

O que vai mexer com as expectativas na próxima semana…     

No cenário doméstico:     

  1. O principal destaque da próxima semana será a divulgação do IBC-Br, considerado uma prévia do PIB, de novembro, na próxima segunda-feira.  
  1. Outro ponto de atenção é o avanço da variante ômicron e a adoção de medidas sanitárias. Alguns estados e cidades já anunciaram a redução da capacidade de público em eventos. Na segunda-feira (17) deve ser iniciada a vacinação em crianças de cinco a onze anos em alguns estados.   
  1. A paralisação parcial de auditores da Receita Federal em reação à aprovação de aumento apenas para policiais no Orçamento de 2022 começa a causar impacto tanto nas fronteiras terrestres do país quanto nos portos com atrasos em liberações e formações de filas. A categoria de servidores federais promete greve para a próxima terça, 18. 
  1. A onda de calor registrada no sul do país e em outros países da América do Sul deve continuar a chamar atenção. Há possibilidade de danos à produção agrícola de milho e soja.  
  1. Além da onda de calor extremo, a seca em determinadas regiões vem sendo apontada também como fator negativo para a produção agrícola. 

No cenário internacional:  

  1. Merece atenção a chance de conflito entre Rússia e os países membros da Otan em razão do conflito na Ucrânia. Fracassaram as tentativas de negociação entre as partes e a expectativa é que a Rússia responda ao apoio que a Otan promete ao governo ucraniano, enviando tropas para Cuba e Venezuela. Esta disputa geopolítica pode ter impactos no preço do petróleo. 
  1. Destaque da próxima semana será a divulgação do PIB da China, na madrugada do dia 17. A projeção do Banco Mundial é que a economia chinesa tenha crescido 8% em 2021. Um valor elevado se comparado ao Brasil, mas modesto para os padrões chineses das últimas décadas, considerando a comparação com 2020, que foi de um crescimento de 2,3%, o menor em 44 anos. 
  1. A semana será mais curta nos Estados Unidos, dia 17 de janeiro é o feriado em homenagem a Martin Luther King Jr. 
  1. Também no dia 17, será divulgada o IPC (índice de inflação) da União Europeia. A expectativa do mercado é o resultado seja 4,9%, o mais alto da série histórica. Os mercados observam atentos os dados de inflação com a expectativa de uma contração maior na política monetária nas principais economias do mundo para conter a alta dos preços, que pode ter reflexo na condução da política monetária e no câmbio no Brasil.  

Compartilhe essa publicação!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Talvez essas publicações também te interessem!

Últimos Posts

Siga nossas Redes Sociais