Fique sempre atualizado

Minuto de economia

Fique por dentro de tudo que acontece.

Mercado de trabalho formal segue em recuperação, mas cenário externo e juros limitam a recuperação… | MINUTO DE ECONOMIA

  • Os dados do Caged indicam que em maio foram criadas 277.018 vagas, resultado da diferença entre admissões e demissões. O resultado veio acima do que era esperado pela GO Associados (180.000) e pelo mercado (181.000). 
  • O destaque positivo foi novamente o setor de serviços com saldo positivo de 120.294. No acumulado do ano o setor apresenta saldo positivo de 658,1 mil vagas sendo responsável por 62,6% da criação líquida de postos de trabalho em 2022.
  • O começo do ano foi de recuperação, proporcionada pelo avanço da vacinação e que possibilitou a reabertura da economia. Apesar de fora de época, o Carnaval ocorreu em abril e em junho ocorreram as tradicionais festas juninas, contribuindo para a geração de empregos.
  • Embora a retomada do mercado de trabalho seja positiva, ainda há três pontos de atenção:

    i. O rendimento real caiu de R$ 2.010,68, em maio de 2021, para R$ 1.898,06 em maio de 2022. O trabalhador que volta ou ingressa no mercado de trabalho formal hoje, tem um rendimento 5,6% menor do que há um ano.

    ii. Apesar do bom desempenho no 1º semestre, no 2º a tendência é de desaceleração. O aumento na taxa de juros deve desaquecer a economia. Além disso, a perspectiva de uma recessão global inibe os investimentos e leva a uma reavaliação dos cenários de expansão da economia nos próximos anos.

    iii. Por fim, a incerteza em relação ao compromisso com a responsabilidade fiscal e a proximidade das eleições devem reforçar uma postura cautelosa dos agentes econômicos.

Compartilhe essa publicação!

Talvez essas publicações também te interessem!